1ª Prova de Desporto Escolar Canoagem 2014


Decorreu no passado Domingo, em Sobretâmega, a 1ª Prova de Desporto Escolar Canoagem 2014. O GCA esteve presente, sendo o clube colaborador na organização e com representatividade de atletas provenientes do Agrupamento de Escolas de Alpendorada.

Estiveram presentes as escolas Secundária do Marco de Canaveses, Baião, Olival (Vila Nova de Gaia) e Agrupamento de Escolas de Alpendorada, onde competiram em duas modalidades, Circuito e Velocidade.

Os resultados das duas provas foram favoráveis para os atletas do Agrupamento de Escolas de Alpendorada (GCA), tendo estes conquistado no total 14 lugares no pódio, nos diversos escalões e nas duas modalidades, dando-lhes o acesso a competir no Campeonato Regional de Desporto Escolar de Canoagem que irá decorrer em Ponte de Lima.


Workshop de Primeiros Socorros

O Ginásio Clube de Alpendorada organiza em parceria com os Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses um Workshop de Primeiros Socorros a fim de angariar fundos para a Instituição BVMCN, mas acima de tudo, dar instrução no primeiro auxílio a vítimas.

A inscrição tem o valor de 15€, revertendo na sua totalidade para os BVMCN, e pode ser feita através do nosso FORMULÁRIO, ou na nossa sede (por baixo do café Nova Era) diariamente entre as 17h e as 19h. 

Inscrições abertas até dia 26 de Março.

O pagamento pode ser feito por transferência bancária até ao dia 24 de Março para a seguinte conta: Ginásio Clube de Alpendorada - NIB = 0010 0000 812 7181 0001 04, ou no ato de inscrição na nossa sede.

"Vida por Vida"

Promo Rafting




Portugal é o melhor destino do mundo

A notícia e o título são do Jornal O Jogo, de 29 de Janeiro de 2014.


Portugal é o melhor destino do mundo - O Jogo

Eles começam a chegar a partir da próxima semana. Só na barragem da Aguieira, e entre russos, polacos, eslovacos, checos e portugueses, irão atingir a centena. É o início dos treinos de água da maioria das grandes seleções e o principal destino está escolhido há vários anos: Portugal. Os Centros de Treino Nelo, que começaram a surgir desde 2004 por iniciativa do maior construtor mundial de caiaques de competição, transformaram o nosso país num dos mais procurados em todo o mundo e de longe no preferido das equipas europeias durante o inverno. Ao longo do ano, somos visitados por cerca de um milhar de atletas de alta competição, aquilo que André Santos, responsável da Nelo, considera "um interessante nicho de mercado para o turismo". E que representa quase dois milhões de euros de rendimentos diretos!

"A ideia de criar centros de estágio não foi nossa, mas dos atletas que cá vinham buscar e fazer afinações das embarcações. Começaram a perguntar porque não criávamos condições para cá ficarem mais tempo", recorda André Santos. Foi assim que nasceu o centro de treino do Porto Antigo, em 2004, em Cinfães, "uma das mais espantosas zonas de Portugal, pela água do Douro e pelo clima", diz.

Atualmente, a Nelo tem centros em Castelo de Paiva, o maior deles na Aguieira, perto de Mortágua, um, mais a sul, em Vila Nova de Milfontes e abriu recentemente outro em Cuba. Curiosamente, o objetivo nem é o negócio. "O que ganhamos nos centros de treino é reinvestido neles. O nosso negócio são os barcos e tudo o resto é uma forma de aumentar a aproximação aos atletas. Quem vem a Portugal e utiliza um barco Nelo não só vai querer voltar como ficará cliente. Os russos estagiam no nosso país desde 2004, sem falhas", narra André Santos, deixando claro que é a sua empresa a aumentar as vantagens do nosso país face ao maior problema da canoagem: os barcos, com comprimentos a partir dos 5,20 metros, não andam de avião.

"Quem vem estagiar para Portugal tem transfer desde o aeroporto, 300 barcos nossos prontos a utilizar, 20 barcos a motor para os treinadores, hotéis com tarifas acessíveis - na Aguieira, onde se instalam num resort de luxo da Visabeira, pagam cerca de metade da tarifa -, ginásios preparados para atletas de alta competição e serviço de massagem. Em nenhum outro país existe algo assim. Somos os melhores da Europa", garante André Santos.

E também os mais procurados, acrescentamos nós, com Emanuel Silva, já com três Jogos Olímpicos no currículo, a concordar. "Na Europa não conheço nada igual. Se a prioridade for o bom tempo, nesta altura do ano podemos ter Cuba ou a Florida, mas são destinos caros. Aqui, mesmo de chuva, o tempo é sempre espetacular para uma equipa como a russa. E não faltam locais para escolher", garante.

Canoísta Joana Sousa promove a canoagem em Alpendorada

Joana Sousa visitará a EB 23 de Alpendorada para contar aos mais jovens como chegou ao pódio no Mundial de canoagem. Sexta-feira, 24 de Janeiro.

2013: O brilho de Portugal na canoagem

Em 2013, a canoagem portuguesa conquistou 13 medalhas, em várias especialidades e escalões etários, em Europeus e Mundiais. A mais relevante foi a obtida por Emanuel Silva e João Ribeiro em K2 500 metros no Mundial sénior realizado na Alemanha. Pela primeira vez, Portugal consegue um título mundial absoluto na velocidade, a disciplina rainha da modalidade responsável pelo único pódio do país nos Jogos de Londres. É, curiosamente, com uma tripulação relativamente improvisada que a medalha de ouro é alcançada: o parceiro natural de Emanuel Silva seria Fernando Pimenta, a dupla responsável pela prata olímpica em K1 1000m, mas as divergências deste último com a federação fizeram-no abdicar do evento. João Ribeiro já tinha sido vice-campeão mundial da distância em 2010, então numa dupla com Pimenta. 
In Público

Afinal, o rio é de graça

A canoagem está na moda! 

Os bons resultados internacionais alcançados pelos atletas portugueses, nomeadamente as medalhas olímpicas de Emanuel Silva e Fernando Pimenta, contribuíram para o aumento do número de praticantes e para a mediatização da modalidade. 

"A captação tornou-se mais fácil, em especial porque os pais, a partir do momento que travaram maior conhecimento com a canoagem, concluíram que não se trata de um desporto perigoso, do tipo descida de rápidos. As nossas águas não são bravas, podem ficar descansados", avisa Nuno Silva, presidente e grande impulsionador do Kayak Clube Castores do Arade, uma coletividade fundada em 2005 e a caminho do nono ano de existência, com sede em Ferragudo, no concelho de Lagoa, que utiliza a Mexilhoeira da Carregação - e naturalmente o rio Arade - com polo aglutinador de toda a sua atividade.

In O Jogo

Carta aberta aos presidentes da Câmara e da Junta de Freguesia de Alpendorada

Ex.mos Senhores Autarcas

A informação que vos remetemos, para V. conhecimento, dá conta da construção da que será a segunda pista de canoagem mais importante em Portugal.

Recordamos que o GCA, oportunamente em 2005, 2007 e recentemente, em Março do corrente ano, demonstrou a potencialidade da modalidade canoagem, no nosso concelho, precisamente na albufeira da Tâmega, em Alpendorada.

Sabemos que apoiam a ideia e o investimento no Parque de Lazer, na zona citada, pode ser mais um passo a caminho da implantação de um centro desportivo náutico. 

O desafio é não deixar escapar a 3ª pista de canoagem de Portugal. E que a mesma seja aqui no Marco de Canaveses, perto dos cerca de 80% dos clubes de canoagem portugueses. A menos de uma hora do aeroporto e a menos de duas horas dos clubes da Galiza.

Valia a pena pensar nisto.

Segue a notícia, publicada hoje n' O JOGO online.

Com os melhores cumprimentos,
a direcção do Ginásio Clube de Alpendorada



<

Centro desportivo, que terá condições para receber competições nacionais e internacionais, já tem o financiamento necessário e as licenças aprovadas. 

Portugal vai contar com uma segunda pista de canoagem e remo, uma nova infraestrutura na Mina de São Domingos, Mértola, que se apresentará como alternativa e complemento à de Montemor-o-Velho. 
O projeto do Clube Náutico de Mértola, em parceria com a Câmara Municipal e o atelier de arquitetura ARKHÉTYPOS, conta com o apoio do PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) e, segundo os promotores, já tem "as necessárias licenças e o financiamento aprovado".

O centro desportivo terá as condições necessárias para albergar competições nacionais e internacionais: na canoagem disputam-se nas distâncias de 200, 500 e 1.000 metros, enquanto no remo são 2.000 metros.
A Mina de São Domingos é uma localidade a 17 quilómetros de Mértola e que, para as provas internacionais, pode ser servida por quatro aeroportos, nomeadamente Lisboa (233 quilómetros), Beja (50), Faro (118) e Sevilha (200).

A paisagem esteve durante décadas ligadas ao setor mineiro, mas todos estes projetos foram abandonados há muito: a localidade procura agora reabilitar-se apostando também no turismo desportivo.>>

A futura pista de canoagem do Tâmega

A situação geográfica de proximidade de dois rios (Tâmega e Douro) com condições e atrações distintas é singular no país. O GCA, como associação dinamizadora das actividades desportivas náuticas, estimula a prática da canoagem de competição e turismo em ambos os rios. 


Consideramos o Douro um rio de enorme valor turístico e aí desenvolvemos as actividades de lazer há 8 anos. Por sua vez, a albufeira do Tâmega revela um circuito de canoagem ímpar, quer pelo plano de água, quer pela envolvência marginal que permite a acomodação de grandes eventos de nível nacional e internacional. E se as infraestruturas naturais existem, já as insfraestruturas de apoio à prática da modalidade são pobres ou inexistentes. Importantes passos foram dados com a requalificação da zona do Tâmega. 

A Federação Portuguesa de Canoagem reconhece e potencial deste plano de água e valor económico e de proximidade do local aos clubes do Norte de Portugal (que são cerca 70% da canoagem do país). 

O GCA já fez chegar ao poder local vários documentos que comprovam que o investimento num centro náutico é um investimento com retorno económico que se tornará um foco de atracção desportivo, permitirá a autonomia da organização, dinamizará a economia local e adicionará qualidade de vida aos habitantes. 

Este não é um projecto duma associação singular, mas sim um projecto social, económico e desportivo duma aldeia e da região.

Há uma nova caminhada na PR2 "Dois Rios Dois Mosteiros" dia 13 de Outubro



A secção de fotografia da AARO junta-se aos habituais parceiros da PR2 "Dois Rios Dois Mosteiros" para marcar a mudança das estações. Este outono temos duas propostas:

-  caminhar pelos nossos bombeiros e não deixar cair no esquecimento tantos apelos e tantas reflexões produzidas no último verão;

- aproveitar a luz do equinócio para um concurso de fotografia que reúne natureza, património, assimetrias rural/urbano e pessoas que apoiam causas humanitárias.


A caminhada é aberta a todos quantos se queiram associar à causa. Danos próprios ou terceiros é da responsabilidade de cada um. Obviamente o espírito solidário do caminheiro estará presente para o que for preciso.


Dúvidas ou outras questões podem ser esclarecidas através dos seguintes parceiros:
Amigos Rio Ovelha - Gil Magalhães 91 860 84 99
Ginásio Clube Alpendorada - Francisco Freitas 91 649 02 20
Pé Ligeiro - José Brandão 96 288 11 41 
Caerus - Judite Freitas - 92 106 785

Programa (previsto)
8h45 – Concentração no Mosteiro de Alpendorada
9h00 – Início da caminhada
13h – Fim da caminhada no Mosteiro de Santa Maria de Vila Boa do Bispo
Almoço convívio “Traz o teu e come de todos”

Participa nesta caminhada de celebração da natureza e acolhimento a uma nova estação!

Regatas das Vindimas 2013 - Abertas as Inscrições


Com mais de duas décadas de história, a Regata das Vindimas continua a ser um dos maiores eventos náuticos realizados em Marco de Canaveses, e que tem atraído participantes nacionais e estrangeiros ao longo dos anos, o que faz desta Regata um verdadeiro sucesso.

Este ano não vai ser diferente, dia 15 de Setembro o GCA organiza mais uma Regata das Vindimas no Rio Douro, com o seguinte programação:

Programa e inscrições

Com partida em Paços de Gaiolo (MCN) e destino a Bitetos (Marco de Canaveses) a descida do rio Douro será em caiaques, canoas de turismo e Barco Dragão.
Inclui a passagem na eclusa da barragem de Carrapatelo, o maior desnível de rio da Europa.

A inscrição tem o valor de 15eur. p/ pessoa c/almoço ( -2€ que o ano passado ;) ) e deve ser feita AQUI

Inclui equipamento (caiaque e colete flutuação), transporte*, reforço alimentar**, almoço*** e seguro.

O pagamento deve ser feito por transferência bancária até ao dia 13 de Setembro para a seguinte conta: Ginásio Clube de Alpendorada - NIB = 0010 0000 812 7181 0001 04

*Transporte
Um autocarro levará todos os participantes para o local de partida.
Local único de embarque: Bitetos, Várzea do Douro
Com saída às: 08:00 (junto ao posto de turismo)

Data: 15-09-2011
Encontro em Paços de Gaiolo: 09:00h
Partida: 09:30h
Eclusagem: 10h
Chegada prevista: 13h (inclui tempo de eclusagem e 2 paragens intermédias)

**Reforço alimentar:barra de cereais, fruta e água.

***Almoço: Bifanas "à Tia Aurora" - Doces Regionais - Fruta - Água e Refrigerantes -

Contacto directo:
91 649 02 16 - Ricardo Freitas

Kayak Nocturno Agosto

Abertas as inscrições para o Kayak Nocturno II '13.

A edição deste ano será no dia 21 de Agosto em Bitetos, Praia Fluvial.

Lembramos que esta actividade tem um número limitado de participantes.

Percurso
Bitetos- Moinhos do Paiva- Ilha dos Amores- Bitetos = 6 km

Programa
O check-in é das 21h às 21h15
Briefing 21h30
Largada 21h45
Chegada: 00h (prevista)


As inscrições são exclusivas online
Inscrição 
(para quem não tem par; ou aconselhado a aventureiros com experiência)


Comparticipação: 10€ /pessoa (5€ sócios com cotas em dia ou quem participar em próprio caiaque)
Inclui:
  • lanche nocturno - a definir
  • equipamento de segurança (caiaque, pagaia, colete de flutuação)

Termos e condições: 

  • A inscrição no Kayak Nocturno '12 é validada automaticamente por ordem de registo. O registo/reserva é garantido após comparticipação de 10€/pessoa. Transferência para: Ginásio Clube de Alpendorada - NIB - 0010 0000 812 7181 0001 04 (podes fazer a operação no multibanco).
  • Assim que seja ultrapassado o limite de lugares, o GCA comunica em site a lotação esgotada.
  • Em caso de desistências entra o primeiro registo, após a lotação. Pagamentos após lotação serão devolvidos.
  • Sócios do GCA com cotas em dia tem direito ao desconto de 50% na comparticipação.
  • Os pares com opção de pagamento, no acto do check-in, serão anuladas e substituídas caso não haja entrada nos últimos 5 minutos antes da largada.
  • Deves apresentar comprovativo de comparticipação no dia do evento, aquando do levantamento do equipamento.
  • Cada indivíduo participante, deve zelar pela sua segurança e é responsável pelos seus actos, civil e criminalmente em casos extremos.

Artigos mais vistos